Viagens mais curtas devem ser a preferência dos brasileiros em 2021, revela pesquisa

A pandemia da COVID-19 virou os planos de viagem de todo mundo de cabeça para baixo em 2020, e, com a chegada de 2021, o seu impacto trouxe mudanças não apenas nas opções de destinos, mas também nos tipos de viagem que provavelmente faremos no futuro. Uma pesquisa* realizada pela Booking.com, que identificou nove tendências para o futuro das viagens, revelou quais são os cinco tipos de viagens que irão crescer em 2021, para inspirar os viajantes em suas futuras descobertas, dentre os tipos que melhor se encaixam em suas preferências – assim que for seguro viajar novamente.  


Foto: Marcelo Martins/Setur Santos

Viagens solo


A tendência das viagens solo tem chance de ganhar um espaço ainda maior, pois o desejo de viajar, interrompido pela pandemia, fará com que as pessoas mergulhem de cabeça nesse estilo de viagem em 2021. Os dados da Booking.com antes da pandemia confirmavam que apenas um em cada quatro (25%)* viajantes brasileiros planejava viajar sozinho – empatados em 1º lugar com os viajantes da Nova Zelândia no ranking global –, enquanto 39% deles agora afirmam que planejam fazer uma viagem solo no futuro. A vontade de viajar sozinho aumentou de forma global e, apesar de, agora, a maior parcela de brasileiros demonstrarem esse interesse, os viajantes do país estão atualmente posicionados em 4º lugar no ranking global, atrás da Índia (54%), Coreia do Sul (42%) e Tailândia (40%). Ainda, 64%* dos brasileiros afirmam que gostariam de viajar mais no futuro para compensar o tempo perdido em 2020. Esse tipo de mentalidade encoraja os viajantes a planejarem uma viagem solo memorável e é uma ótima forma de voltar a explorar o mundo.


Viagens para descanso


A inesperada interrupção nos planos de viagem da maioria das pessoas comprovou que apenas o fato de poder viajar já é um luxo. Na verdade, 86%* dos brasileiros dizem que não irão subestimar as viagens no futuro – de longe, a nacionalidade que mais confirmou esse desejo entre os 28 países pesquisados; em segundo lugar, com 77%, estão os tailandeses. Portanto, apesar de as pesquisas mostrarem que as pessoas ainda têm a intenção de viajar de novo, apenas 7%* dos brasileiros realmente planejam uma viagem de luxo (como se hospedar em uma villa ou em um hotel 5 estrelas). A maioria dos viajantes do país (55%)* planeja uma viagem relaxante para fugir de tudo. Ou seja, o verdadeiro luxo de 2021 será aproveitar um bom descanso.


Chega de saudade


Em 2020, a maioria dos viajantes teve que passar muito tempo longe dos amigos e da família. Para muitos, parece que essa distância fez crescer a saudade, já que, para dois terçoes (66%)* dos viajantes brasileiros, um dos planos de viagem para o futuro é se reconectar com seus entes queridos. Na verdade, enquanto estiveram separados durante a pandemia, 46%* deles revelaram que falar com os amigos e a família sobre viagens se tornou uma das principais inspirações para viajar novamente. Inclusive, entre os 28 países da pesquisa, os brasileiros estão entre as quatro nacionalidades que mais apontaram esse contato com os familiares e amigos mais próximos, atrás dos viajantes de Israel (53%), Índia e Vietnam (ambos com 49%).


Fuga de fim de semana



Foto: Fabricio Macedo FGMsp por Pixabay

Enquanto muitos viajantes ainda estão apreensivos ao fazer planos futuros de viagem, tudo indica que haverá um aumento na demanda de viagens rápidas, já que quase três em cada quatro (73%)* brasileiros querem fazer viagens mais curtas em 2021 do que fizeram em 2019 – ocupando, mais uma vez, o primeiro lugar no ranking global em meio aos viajantes que demonstraram esse desejo. Além disso, 30%* dos brasileiros também revelaram que preferem fazer uma viagem de fim de semana, assim que as restrições forem suspensas, mostrando o desejo das pessoas de fugir da realidade, mesmo que seja por alguns dias.


Delícias culinárias de viagem


O desejo de explorar o mundo não diminuiu, mas viagens para o exterior ainda são evitadas por metade dos viajantes brasileiros (50%).  É por isso que as viagens domésticas se tornaram a mais nova forma de conhecer o mundo, e as delícias culinárias estão no topo da lista sobre como fazer isso. Sobre experimentar coisas novas, 38% dos viajantes brasileiros disseram que desejam provar e apreciar a culinária local durante uma viagem, enquanto 45%* querem comer fora com mais frequência com o dinheiro economizado com as viagens para o exterior. 


*Pesquisa encomendada pela Booking.com e realizada com um grupo de adultos que viajou a lazer ou a trabalho nos últimos 12 meses, e que planeja viajar nos próximos 12 meses (se/quando as restrições de viagem forem suspensas). No total, 20.934 entrevistados em 28 mercados responderam a uma pesquisa online em julho de 2020.

**Pesquisa encomendada pela Booking.com e conduzida com um grupo de adultos que viajaram nos últimos 12 meses/planejam viajar nos próximos 12 meses. No total, 22.000 pessoas em 29 mercados responderam a uma pesquisa on-line entre 9 e 28 de agosto de 2019.


Fonte: Booking.com

2 visualizações0 comentário