MSC Cruzeiros cancela restante da temporada 2020/2021 no Brasil


A MSC Cruzeiros informou hoje (23/12) que a demora na aprovação para a operação de cruzeiros marítimos no Brasil a forçou a cancelar as viagens planejadas para a temporada 2020/2021.


Considerando esta postergação e o tempo mínimo necessário para a Companhia preparar toda a sua operação, como logística, mobilização, testes e embarque da tripulação, abastecimento de provisões e a implementação de seu protocolo de saúde e segurança líder do setor, a empresa não conseguiria iniciar as operações até meados de fevereiro, no mínimo, sendo que a temporada está prevista para terminar em março.


A MSC Cruzeiros tem trabalhado desde julho em estreita colaboração com as autoridades relevantes no Brasil, realizando reuniões e esclarecimentos periodicamente para a análise de sua proposta de operação e do seu protocolo abrangente de saúde e segurança, que se mostrou eficaz na Europa, quando a empresa retomou suas viagens com segurança em agosto.


Todas as viagens com embarque entre 16 de janeiro de 2021 e 31 de março de 2021 no MSC Seaview e MSC Preziosa tiveram que ser canceladas. A Companhia, anteriormente, já havia cancelado os cruzeiros entre 15 de novembro de 2020 e 15 de janeiro de 2021, pois aguardava a aprovação para retomar a navegação, bem como todos os cruzeiros da temporada do MSC Musica e MSC Sinfonia.


Adrian Ursilli, Diretor Geral da MSC Cruzeiros no Brasil, comentou: “Estamos tão desapontados quanto nossos hóspedes, por termos que adiar seus planos de férias, apesar de nossos esforços extenuantes para demonstrar que podemos operar com segurança e garantir o bem-estar de nossos clientes, da nossa tripulação e dos destinos que visitamos com o nosso protocolo comprovado e eficaz, líder do setor. Fizemos o nosso melhor para retomar as operações no Brasil com segurança e responsabilidade, assim como fizemos na Europa".


“Infelizmente, o tempo está contra nós e não tivemos outra opção a não ser cancelar nosso programa de cruzeiros 2020/2021. Como empresa de cruzeiros líder no Brasil, essa foi uma decisão difícil de tomar, mas nosso compromisso com o país não mudará. Estaremos no Brasil mais fortes do que nunca na temporada 2021/2022, quando ofereceremos aos nossos hóspedes brasileiros, com os quais já temos um relacionamento de longa data, férias memoráveis, relaxantes e seguras.

“Gostaria de agradecer aos nossos hóspedes, nossos colaboradores a bordo e em terra, aos agentes de viagens, parceiros, destinos e autoridades locais, que têm nos dado todo apoio nestes tempos desafiadores. Manteremos a presença no Brasil e continuaremos trabalhando, como sempre, para fortalecer ainda mais a nossa liderança no país, assim como em toda a América do Sul, e contribuir para o desenvolvimento do turismo na região ”.


Toda a indústria de cruzeiros interrompeu, em março, suas operações globalmente como resultado da pandemia em terra e, desde então, a empresa tem trabalhado para estar o mais preparada possível para retomar as operações com segurança na América do Sul e em outras regiões do mundo.


A MSC Cruzeiros foi a primeira grande Companhia de cruzeiros a retomar as operações em agosto, após a aprovação do seu protocolo de saúde e segurança pelas autoridades competentes na Europa.


Até o momento, mais de 30.000 hóspedes experimentaram férias seguras com a MSC Cruzeiros desde que ela reiniciou a navegação nos meses de verão europeu.


O RINA, uma corporação de certificação marítima independente, internacionalmente reconhecida, verificou que o protocolo de saúde e segurança da MSC Cruzeiros atende às diretrizes da Agência Europeia de Segurança Marítima (EMSA), que incorpora padrões de saúde adicionais, incluindo os da EU Healthy Gateways Joint Action e concedeu à MSC Cruzeiros, em outubro, sua notação de classe adicional Biosafe Ship.


A MSC Cruzeiros continua em contato ativamente com uma série de autoridades, portos e destinos em diferentes partes do mundo onde tradicionalmente opera. A empresa está confiante em um reinício em abril de 2021 no Japão, uma vez que recebeu uma certificação em Sistema de Gestão de Biossegurança (COVID-19) da sociedade de classificação marítima oficial do Japão, a ClassNK.


Todos os hóspedes com reservas afetadas pelo cancelamento da temporada 2020/2021 na América do Sul são elegíveis para compensação:


  • Os hóspedes receberão uma carta de crédito para um futuro cruzeiro no valor total da reserva originalmente paga

  • A carta de crédito pode ser usada até 31 de dezembro de 2021, em qualquer cruzeiro futuro com a MSC Cruzeiros até 30 de abril de 2022. A carta de crédito não se aplica para grupos, eventos e fretamentos.

  • Adicionalmente, será concedido um crédito a bordo para ser utilizado em um próximo cruzeiro, sendo:

  • - EUR/USD 100 por cabine, para cruzeiros com até 6 noites (EUR/USD 50 no caso de cabine single)

  • - EUR/USD 200 por cabine, para cruzeiros de 7 ou mais noites (EUR/USD 100 no caso de cabine single)

  • O crédito a bordo será reembolsável

Temporada 2021/2022 na América do Sul


A temporada 2021/2022 da MSC Cruzeiros na América do Sul está aberta para venda sendo quatro navios com embarques em portos no Brasil e um quinto navio com embarques na Argentina.


O MSC Seaside fará sua estreia no Brasil com roteiros de seis a oito noites, que partem de Santos com destino ao Nordeste.


O MSC Preziosa oferecerá minicruzeiros de três e quatro noites de Santos com destino ao Sul e Sudeste, roteiros de cinco a oito noites do Rio de Janeiro para o Nordeste ou em direção à Bacia do Rio do Prata.


O MSC Splendida oferecerá pela primeira vez cruzeiros de sete noites de Santos rumo a Argentina e Uruguai, visitando Punta del Este, Montevidéu e Buenos Aires.


O MSC Sinfonia fará roteiros de seis, sete e nove noites de Itajaí, para o Uruguai e Argentina.


O MSC Orchestra completará o abrangente programa na América do Sul partindo de Buenos Aires rumo ao litoral brasileiro.


Fonte: MSC Cruzeiros

Crédito: MSC Cruzeiros

2 visualizações0 comentário