Ministério da Saúde autoriza cruzeiros, mas protocolo com as regras ainda será anunciado pela Anvisa

Uma portaria do Ministério da Saúde foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (28), autorizando a navegação de cruzeiros marítimos a partir do dia 1º de novembro. Na portaria, as condições para as viagens, devido à pandemia, são detalhadas, entretanto a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) prepara um protocolo com regras sanitárias para as embarcações. Todos os navios devem partir do Porto de Santos, no litoral de São Paulo.


A portaria foi assinada pelo ministro substituto da Saúde, Rodrigo Cruz. No documento, é autorizada a operação de navios de cruzeiro a partir do primeiro dia de novembro. Segundo o texto, ainda há protocolos a serem seguidos.



Foto: Marcelo Martins - Prefeitura Municipal de Santos

Viajantes a bordo com sintomas de Covid-19 devem comunicar a equipe médica sobre o quadro clínico e permanecer isolados na cabine até nova orientação. Ainda é determinado que esse passageiro seja testado, por método molecular (RT-PCR ou RT-LAMP) ou teste rápido de antígeno.


Caso o resultado seja positivo, detectável ou reagente, a pessoa deve permanecer isolada em uma cabine com essa finalidade. Esse isolamento deve acontecer pelo período de dez dias, caso o quadro seja leve ou moderado, e 20 dias para o caso de síndrome respiratória grave ou crítica. A quantidade de dias é contada a partir da data dos primeiros sintomas.


Caso o resultado do teste seja negativo, o viajante precisa permanecer isolado na cabine até a remissão dos sintomas, e até o resultado de novo teste. As pessoas que tiverem contato próximo de passageiros com suspeita da doença devem ser imediatamente identificadas e testadas. A portaria ainda recomenda que se faça uma 'auto quarentena' por um período de 14 dias, que pode ser dispensada caso a pessoa esteja assintomática e apresente resultado negativo para o teste.


Apesar de explicar os protocolos, a portaria poderá ser editada pela agência reguladora. "Atos normativos específicos de vigilância sanitária complementares a esta portaria poderão ser editados pela Anvisa", diz o texto.


A Anvisa informou que vai se reunir às 10 horas desta sexta-feira (29), em uma reunião extraordinária, para deliberar sobre os requisitos sanitários necessários para o embarque, desembarque e transporte de viajantes em embarcações de cruzeiros marítimos no país.


Fonte: G1 Santos e Região

73 visualizações0 comentário