APT lança Manifesto em Defesa do Turismo Regional

Atualizado: 2 de Dez de 2020

Nessa época de eleição, alguns candidatos da região abordaram o tema do Turismo em suas propostas e projetos para os próximos anos. Com o objetivo de colaborar com os prefeitos que tomarão posse em janeiro, a Associação dos Profissionais do Turismo da Baixada Santista (APT) preparou um documento denominado Manifesto em Defesa do Turismo Regional.


O Manifesto apresenta um eixo importante de ações que precisam ser urgentemente implantadas de forma conjunta, entre as nove cidades da Região Metropolitana, para que de fato a vocação turística se torne o caminho da união pela retomada do turismo.

No documento, a APT, enquanto representante de todos os profissionais que trabalham na indústria do Turismo, detalha os principais anseios para que o turismo regional seja um pilar importante a impulsionar a nossa economia.


Trata-se de um apelo para que as novas administrações municipais tenham um olhar especial para o turismo regional e suas possibilidades. No material, são indicadas ações em âmbito regional para serem adotadas como políticas públicas no segmento do Turismo, com o objetivo de que todas as cidades sigam uma mesma linha de conduta rumo à valorização do potencial turístico da região.


São elencadas prioridades que já foram discutidas em inúmeras gestões, como a implantação do Selo Metropolitano da da Baixada Santista, que permitirá a livre circulação de veículos de turismo entre as noves cidades.

Mas o Manifesto também traz novas ideias para o desenvolvimento do turismo regional, como a criação de um calendário de eventos metropolitano e outras.


O documento foi enviado às assessorias dos oito prefeitos já eleitos: Caio Matheus (Bertioga); Ademário Silva (Cubatão); Válter Suman (Guarujá); Tiago Cervantes (Itanhaém); Márcio Cabeça (Mongaguá); Luiz Mauricio (Peruíbe) e Rogério Santos (Santos).

Da mesma forma, o Manifesto foi encaminhado aos assessores dos candidatos Solange Freitas e Kayo Amando, que dispustarão o segundo turno pela Prefeitura de São Vicente, e Raquel Chini e Danilo Morgado, que concorrem ao cargo de prefeito de Praia Grande.


A APT reitera que segue disposta à contribuir para a construção de políticas públicas sólidas e antenadas ao novo momento do turisto e às necessidades do turista.

28 visualizações0 comentário