APT firma parceria com União dos Vereadores da Baixada Santista (UVEBS)


Crédito: Prefeitura Municipal de Santos

A diretoria da APT acaba de firmar um acordo de cooperação mútua com a União dos Vereador da Baixada Santista (UVEBS). Em ofício enviado em 3 de agosto ao presidente da APT, Eduardo Silveira, o presidente da UVEBS, Roberto Andrade e Silva, mais conhecido como Betinho, confirma a “parceria estratégica com o objetivo de promover, junto aos legislativos municipais da região, entendimento para o desenvolvimento do turismo regional em cada município”.


A aproximação entre as duas entidades, APT e UVEBS, teve início com um pedido de Silveira apresentado à vereadora santista Audrey Kleys, para envolver o legislativo nas pautas urgentes sobre a retomada do turismo.


A convite do colegiado, o presidente da APT participou de reunião virtual em 18 de junho, fazendo uma breve apresentação resumindo o novo momento do turismo, os anseios do setor e de que forma o poder público pode contribuir com o segmento.

Os vereadores se comprometeram a definir três metas para serem trabalhadas no turismo de forma regional e serem implementadas com força de lei, como o Selo Metropolitano, por exemplo.


No último dia 3 de agosto, a UVEBS formalizou o acordo de cooperação mútua com a APT, em ofício enviado por Betinho. “Estamos entusiasmados para colaborar com a UVEBS e fazer a diferença no trabalho dos legislativos da Baixada Santista”, celebra Silveira.


O secretário executivo e fundador da UVEBS, Pedro Garófalo, reforça que a entidade reúne 136 vereadores das nove câmaras da região, acumulando 10 anos de atuação em busca de soluções a questões comuns às cidades, por meio de interlocução política, inclusive com outros entes dos poderes Estadual e Federal.


"Entendemos que não adianta só pensar nas leis se não tivermos o profissional da área do turismo para nos dar uma orientação. Queremos esse apoio dos profissionais do setor, representados pela APT, para que, juntos, consigamos colaborar para o desenvolvimento e a geração de empregos na região", detalha Garófalo.

Um dos temas que devem ser trabalhados em breve, em parceria com a APT, é a mobilidade dos turistas entre as cidades da Baixada Santista.

9 visualizações0 comentário