top of page

APT alerta para golpe telefônico contra Profissionais do Turismo


A Associação dos Profissionais de Turismo da Baixada Santista (APT) emite alerta para um novo golpe telefônico que tem surpreendido as agências de viagem e já registrou pelo menos cinco tentativas frustradas na Baixada Santista. 

O golpe consiste em uma ligação feita para o telefone fixo da empresa, com o golpista pedindo para falar com o responsável, gerente ou direto no setor financeiro. A partir desse contato, os golpistas avisam que estão na rua, em frente a agência, e ameaçam a vítima, exigindo que seja feita uma transferência de dinheiro via PIX.

Os relatos apontam que, durante a ligação, os suspeitos falam de forma rude, gritam, xingam e fazem constantes ameaças, chegando a dizer que irão entrar na empresa e atirar em todos, se o PIX não for realizado.

Todos os casos que chegaram ao conhecimento da APT apresentam algumas características em comum, indicando para um possível comportamento padrão dos golpistas, com um grupo envolvido no crime.

Diante desse risco, todo empresário de turismo, agente de viagem ou guia de turismo precisa estar ciente deste alerta, para adotar as devidas medidas de prevenção, conforme ressalta o diretor presidente da APT, Eduardo Silveira.

  

“Esse golpe existe há muito tempo e a própria imprensa tem noticiado um aumento desses casos, registrados principalmente durante a pandemia. São ligações feitas de dentro de cadeias, com o objetivo de extorsão por ameaça”, comenta Silveira.

Em nenhum dos casos houve o pagamento do valor. A polícia foi comunicada e já há boletim de ocorrência registrado sobre as tentativas de golpe. Contudo, as pessoas envolvidas ficaram bastantes assustadas, uma vez que os golpistas chegaram até a descrever as características de algumas dessas empresas. 

De acordo com o Serasa, que orienta as empresas e os consumidores na área financeira, os golpes telefônicos são cada vez mais populares no Brasil. Pois têm a intenção de enganar o interlocutor e aplicar golpes para extorquir ou roubar dados pessoais. 

Algumas dicas importantes para compartilhar com todos da empresa, para o caso de uma tentativa de golpe telefônico:


  1. A principal orientação é manter a calma, não dar ouvidos e atenção a ligação recebida e, no mesmo instante, desligar e comunicar a polícia.

  2. Ter bastante cuidado para não citar nomes de pessoas, locais e outras referências, como dados pessoais e bancários. De forma geral, é a vítima que acaba dando mais informações para o golpista agir com ameaças.

  3. Se após você desligar o golpista ligar novamente, diga para ele ligar de volta entre 15 e 30 minutos. Assim, você ganha tempo até que a polícia chegue em seu estabelecimento.

  4. Caso você tenha medo de que as ameaças sejam verdadeiras, a orientação é para que se dirija o mais rápido possível a uma delegacia próxima, para que um policial te oriente sobre como proceder.


Fontes:


73 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page